Sua impressão digital pode ser hackeada por R$30

Sua impressão digital pode ser hackeada por R$30

Dispositivos são facilmente hackeados com foto de impressão digital, impressora a laser e cola: pesquisadores registraram uma imagem de alta resolução da superfície da tela de um computador tocada pelos dedos de uma pessoa e a imprimiram utilizando uma impressora a laser comum em uma folha de acetato. Com um pouco de cola de madeira foi possível captar a impressão, tornando-a manipulável. A descoberta foi publicada pela Kraken Security Labs em seu blog, afirmando que uma impressão digital não pode mais ser considerada uma alternativa segura a uma senha forte.

Fonte: https://blog.kraken.com

Reconhecimento de recém-nascidos pela orelha

Reconhecimento de recém-nascidos pela orelha

Empresa brasileira pretende lançar sistema de reconhecimento de recém-nascidos por imagens das orelhas: a biometria facial e digital não funciona bem em recém-nascidos. O sistema desenvolvido pela Vsoft, em parceria com a Universidade Federal da Paraíba, o primeiro no mundo, capta as linhas dentro das orelhas (iguais durante toda a vida) através de uma câmera de smartphone comum. Segunda a empresa, a identificação neonatal serve para emissão de CPFs de bebês e identificação em planos de saúde. As informações são do site Mobile Time.

“A identificação neonatal é importante porque os bebês já nascem precisando de um CPF para terem planos de saúde”

Pedro Alves, CEO VSoft

Fonte: https://www.mobiletime.com.br