Banimento do reconhecimento facial no Brasil

A iniciativa “#SaiDaMinhaCara” é apoiada por mais de 50 parlamentares de diferentes partidos. Apontada por especialistas como de caráter invasivo e discriminatório, a intenção é impedir o uso da tecnologia em espaços públicos, especialmente sob o pretexto da segurança pública.

Fonte: site do Idec

Reconhecimento de recém-nascidos pela orelha

Reconhecimento de recém-nascidos pela orelha

Empresa brasileira pretende lançar sistema de reconhecimento de recém-nascidos por imagens das orelhas: a biometria facial e digital não funciona bem em recém-nascidos. O sistema desenvolvido pela Vsoft, em parceria com a Universidade Federal da Paraíba, o primeiro no mundo, capta as linhas dentro das orelhas (iguais durante toda a vida) através de uma câmera de smartphone comum. Segunda a empresa, a identificação neonatal serve para emissão de CPFs de bebês e identificação em planos de saúde. As informações são do site Mobile Time.

“A identificação neonatal é importante porque os bebês já nascem precisando de um CPF para terem planos de saúde”

Pedro Alves, CEO VSoft

Fonte: https://www.mobiletime.com.br