Arezzo retira coleção após protestos no Twitter


A Arezzo decidiu retirar de suas lojas as peças confeccionadas a partir de peles animais depois da enorme repercussão negativa nas redes sociais provocada pelo anúncio da coleção “Pelemania”.

Na sexta-feira, a marca divulgou sua nova coleção, que entre outras, utilizou pele de coelho, de cabra e de raposa na confecção de calçados e acessórios.

Logo em seguida, a página da marca no Facebook foi invadida por uma série de depoimentos, fotos de animais mortos e comentários reprovando a iniciativa. O assunto cresceu e hashtag #arezzo assumiu a primeira posição dos trending topics do Twitter brasileiro durante todo o fim de semana (posição que ocupa até este momento).

Devido a grande repercussão negativa, a empresa decidiu tirar os produtos de circulação. O anúncio foi feito na tarde de hoje no perfil da Arezzo no Twitter. Leia o comunicado abaixo na íntegra:

A Arezzo entende e respeita as opiniões e manifestações contrárias ao uso de peles exóticas na confecção de produtos de vestuário e acessórios. Não entendemos como responsabilidade da Arezzo o debate de uma causa tão ampla e controversa. E, por respeito aos consumidores contrários ao uso desses materiais, estamos recolhendo de todas as nossas lojas as peças com pele exótica em sua composição.

Veja no Twitter – clique aqui

Fonte: Info Exame

Postado na categoria: Redes Sociais - Palavras chave: , , , , , , , , , , , ,