A música das arvores

Conheça a incrível música que foi encontrada nos anéis de uma árvore.

O músico alemão Bartholomäus Traubeck criou um equipamento que traduz os anéis do tronco de uma árvore, em notas de piano, ao tocá-lo em uma plataforma giratória similar à de um toca-discos. Confira a música que Traubeck encontrou.

O funcionamento, porém, difere e muito daquele de um toca-discos. Ao invés de uma simples agulha que lê sulcos de um disco, o equipamento possui sensores que juntam informações sobre a cor e a textura da madeira e então usa um algoritmo que traduz as variações em notas de um piano. Visto que cada árvore individual possui variações diferentes, o resultado é uma música individualizada para cada tronco.

video-the-worlds-an-instrument-as-tree-trunks-become-playable-discs-for-turntables-via-latest-installation-by-bartholom-us-traubeck[1]

 

Traubeck gravou um álbum apropriadamente intitulado “Years” (em português, “Anos”), em que há músicas traduzidas de pinheiros, freixos, carvalhos, bordos, nogueiras, amieiros e faias.

Anéis

Os anéis no tronco de uma árvore ajudam a descobrir a sua idade, além de poderem indicar condições ambientais, níveis de chuva, doenças e até mesmo incêndios florestais que ocorreram. Anéis mais claros indicam um crescimento rápido, enquanto os mais escuros indicam exatamente o contrário. As fatias de uma árvore não são uniformes e cada uma delas conta uma história.

Sons da Natureza

Não é a primeira vez que um artista tem a ideia de conhecer a música oferecida pela natureza. Jim Wilson desacelerou o canto de grilos e o que ele encontrou é magnífico

Fonte: http://qga.com.br/ciencia/2014/06/conheca-incrivel-musica-que-foi-encontrada-nos-aneis-de-uma-arvore

Qual a música mais difícil de se tocar no mundo?

Apenas 4 pessoas no mundo conseguem tocar essa música. A pergunta é: de onde vem esta LUZ ?

A QUARTA DIMENSÃO DOS HUMANOS.” por vezes nos evidencia.”

Somente quatro pianistas no mundo conseguiram reproduzir com perfeição “La Campanella“, de Liszt, cuja partitura foi considerada um desafio às habilidades dos pianistas, e nem o próprio conseguiu reproduzi-la.

Nobuyuki Tsujii nasceu cego, mas é dotado de grande um talento para a música. Compôs sua primeira música aos 12 anos de idade, inclusive a música-tema para um filme japonês em 2011, entre vários prêmios, foi reconhecido internacionalmente quando venceu o Concurso Internacional de piano de Van Cliburn em 2009. Tem vários CDs e DVDs gravados, uma agenda cheia pois além do dom incrível, ele tem algo que muitos não tem, um coração puro e cheio de amor.

Um verdadeiro anjo, que consegue transmitir a criação do compositor, numa interpretação perfeita, como se fosse de sua (única) autoria. Sem a leitura, pode canalizar de maneira perfeitamente livre essa composição, sem precisar decifrar as notas e demais códigos musicais escritos.

Vejam e ouçam.

Vídeo Clip que brinca com Perspectiva

Não é algo inédito, mas a forma que eles fizeram ficou incrível.  Esse vídeo-clip foi todo feito usando truques de perspectiva e sem cortes. Imagine o quanto eles tiveram que ensaiar para fazer tudo acontecer sem erros. Realmente muito bem feito, vale a pena conferir e deixar seu comentário.