Empresas de tecnologia contabilizam menos emissões de CO2 do que deveriam

Em uma amostra de 56 grandes empresas de tecnologia, mais da metade de emissões foram excluídas, equivalente a 390 megatons de CO2, a mesma pegada de carbono da Austrália. As empresas do setor estariam subestimando significativamente as emissões que surgem ao longo de toda a cadeia de valor, desde a extração de matéria-prima até o uso dos produtos finais. As informações são do site Phys.

“O relato freqüentemente não sistemático e impreciso das pegadas de carbono das empresas é um problema para os formuladores de políticas, as partes interessadas e as próprias empresas”.

Lena Klaaßen – Escola de Administração TUM da Universidade Técnica de Munique (TUM)

Fonte: https://phys.org