C é a linguagem com a maior eficiência energética, Perl possui a menor

C é a linguagem com a maior eficiência energética, Perl possui a menor

A maioria das pessoas presumiria que um programa de computador que funciona mais rápido consumirá menos energia. Mas isso nem sempre pode ser verdade, pois outros fatores entram na equação de consumo de energia além da velocidade.

O estudo foi realizado por cientistas da computação portugueses em 2017, mas chamou a atenção somente agora. Foram analisados o tempo de execução, uso de memória e consumo de energia entre 27 linguagens de programação. Linguagens compiladas tendem a ser mais rápidas e eficientes no uso de energia (como exemplos, C e Rust), ao contrário de linguagens interpretadas (Perl e Lua). As informações são do site Hackaday.

Fonte: https://hackaday.com