Ofertas de domínios '.br', para sites no Brasil, ganham novas regras; veja como fica

Ofertas de domínios ‘.br’, para sites no Brasil, ganham novas regras; veja como fica

Liberação de nomes de endereços removidos da internet ocorrerá 1 vez por mês e não 3 vezes ao ano; domínios disputados serão vendidos para o maior lance.

Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) anunciou nesta terça-feira (29) que vai alterar as regras para liberação de domínios de internet no Brasil (aqueles que terminam com “.br”) que tenham sido retirados do ar. O que muda é:

  • Liberação de domínios removidos da internet será feita todo mês, e não três vezes ao ano.
  • Domínios muito disputados serão vendidos para o maior lance, em vez de ficar congelados após muitos embates.

A nova resolução foi aprovada na última reunião do comitê. Foi o primeiro encontro dos conselheiros desde que entrou no ar a consulta pública proposta pelo governo federal para recolher sugestões de mudança no CGI.br.

A nova regra não diz respeito aos domínios novos, ou seja, que nunca foram usados. Trata apenas daqueles que já tinha sido registrados e foram retirados da internet por motivos como:

  • Solicitações de cancelamento;
  • Não renovação pelo antigo titular;
  • Irregularidades.

Esses domínios podem ser angariados em processos de liberação. Até agora, ocorriam só três vezes ao ano, mas serão mensais a partir de setembro.

A proposta é que comecem na segunda quarta-feira de todo mês e durem sete dias. O procedimento a ser feito já nos moldes das novas regras ocorrerá a partir de 13 de setembro.

Outra mudança é que os domínios que terminarem a rodada de liberação com mais de um interessado passarão por um novo processo competitivo. As disputas serão leilões, em que vence aquele que oferecer o maior valor.

Os lances podem variar de R$ 50 a R$ 20 mil, dependendo do preço ofertado pelo domínio. Para endereços cuja oferta seja de até R$ 1 milhão, o valor do lance é ilimitado.

Em 13 de setembro, 400 mil nomes de domínio serão oferecidos a interessados. A lista daqueles que podem passar por uma nova disputa é atualizada enquanto o processo estiver no ar.

Mais de 500 endereços já são candidatos a passar pelo leilão. São endereços que já haviam passado por seis disputas para voltar ao mercado e não foram angariados por ninguém ou houve um impasse. Até agora, as regras do CGI.br determinavam que domínios nessa situação ficavam reservados indefinidamente e não voltavam à internet brasileira.

Fonte

Registros SPF do Google APPS

Olá amigo!

Se você usa o serviço Google Apps e os emails não estão saindo nem chegando na caixa de correio, provavelmente você vai precisar mudar o SPF no seu painel de gerenciamento de DNS.

  • ANTIGO: v=spf1 include:aspmx.googlemail.com ~all
  • NOVO: v=spf1 include:_spf.google.com ~all

Publicar um registro SPF usando -all em vez de ~all pode gerar problemas de entrega. ConsulteIntervalos de endereço IP do Google para obter detalhes sobre os endereços de servidores de e-mail do Google Apps.

Salve as alterações.

As alterações nos registros DNS podem levar até 48 horas para serem propagadas pela internet.

Se tiver dificuldades em criar um registro SPF, entre em contato com seu provedor de domínio para obter assistência.