Suturas inteligentes monitoram lesões cirúrgicas profundas

O dispositivo sem bateria pode detectar e transmitir informações de integridade e micromovimentos teciduais de pontos cirúrgicos profundos. Esse tipo de monitoramento após uma operação tem o potencial de prevenir infecções ou outras complicações rapidamente por profissionais da saúde.

Fonte: Universidade Nacional de Singapura

Tratamentos baseados em computadores e smartphones são eficazes na redução de sintomas depressivos

83 estudos testando aplicativos digitais para o tratamento da depressão

Tratamentos baseados em computadores e smartphones são eficazes na redução de sintomas depressivos: de acordo com uma pesquisa publicada pela Associação Americana de Psicologia, intervenções digitais possuem um papel valioso na oferta de tratamentos, especialmente quando acompanhadas por algum tipo de orientação humana. Embora não sejam tão eficazes quanto a psicoterapia face a face, essas ferramentas oferecem uma alternativa à crescente demanda por soluções de problemas relacionados à saúde mental durante a pandemia.

As intervenções digitais normalmente exigem que os pacientes façam login em um programa de software, site ou aplicativo para ler, assistir, ouvir e interagir com o conteúdo estruturado como uma série de módulos ou aulas.

Os pesquisadores realizaram uma meta-análise de 83 estudos testando aplicativos digitais para o tratamento da depressão, datando de 1990 e envolvendo mais de 15.000 participantes no total, 80% adultos e 69,5% mulheres. As informações são do site ScienceDaily.

“O ano de 2020 marcou 30 anos desde que o primeiro artigo foi publicado sobre uma intervenção digital para o tratamento da depressão. Ele também marcou um ponto de inflexão sem paralelo na conversão mundial de serviços de saúde mental de entrega face a face para soluções digitais remotas em resposta à pandemia COVID-19 “, disse o autor principal Isaac Moshe, MA, doutorando da Universidade de Helsinque. “Dada a adoção acelerada de intervenções digitais, é oportuno e importante perguntar até que ponto as intervenções digitais são eficazes no tratamento da depressão, se podem fornecer alternativas viáveis ​​para psicoterapia face a face fora do laboratório e quais são as fatores-chave que moderam os resultados. “

Fonte: https://www.sciencedaily.com

Saúde pode ser próximo setor a ganhar sistema aberto de dados

Saúde pode ser próximo setor a ganhar sistema aberto de dados

Próxima área com sistema aberto pode ser a saúde, preveem especialistas: assim como o mercado de finanças precisou se adaptar ao “open banking”, a “open health” quebraria silos de dados em grandes empresas da área. O sistema traria vantagens como redução de preços em planos de saúde para pessoas com bons hábitos. As informações são do site Mobile Time.

“A saúde talvez seja a bola da vez pela granularidade das informações. Não é pensar só na cura, mas na prevenção. Tem um potencial de acelerar muito rápido. É um setor que precisou se adaptar muito rapidamente pela pandemia”, disse Luciano Alves, country manager da Zabbix na América Latina, durante painel no 5×5 Tec Summit.

Fonte: https://www.mobiletime.com.br

Ministério da Saúde é «invadido» e 50 TB são supostamente roubados

Ministério da Saúde é «invadido» e 50 TB são supostamente roubados

O Ministério da Saúde sofreu um suposto ataque cibernético na madrugada de sexta-feira (10). Usuários de internet que tentam acessar o site oficial Ministério acabam encontrando uma página com o recado:

“Os dados internos dos sistemas foram copiados e excluídos. 50 TB de dados está (sic) em nossas mãos”.

Até o momento, não há informações sobre como o ataque foi realizado e a página com o recado continua online. Como é possível observar, o problema se trata de um DNS Hijacking: um atacante ganha a capacidade de redirecionar o tráfego para uma página não autorizada.

Os dados internos dos sistemas foram copiados e excluídos. 50 TB de dados está (sic) em nossas mãos
Os dados internos dos sistemas foram copiados e excluídos. 50 TB de dados está (sic) em nossas mãos

O TecMundo entrou em contato com o Lapsus Group para apurar o suposto recolhimento de 50 TB de dados do Ministério Saúde. Quando tivermos mais evidências, poderemos confirmar a informação.

O acesso do grupo Lapsus, formado por colombianos e um espanhol, permite o controle do DNS (sistema de nomes de domínio). Durante a madrugada de hoje (10), profissionais de TI conseguiram descobrir que o registro MX foi modificado – isso significa que qualquer email enviado para um endereço saude.gov acabaria nas mãos dos atacantes.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br

Câmara instala Frente Parlamentar Mista para aprimorar legislação sobre IAs no Brasil

Câmara instala Frente Parlamentar Mista para aprimorar legislação sobre IAs no Brasil

Segundo o deputado Eduardo Bismarck (PDT), que presidirá a comissão, o objetivo é garantir que “a máquina sirva ao ser humano”. O grupo de deputados e senadores irá acompanhar futuras atualizações do marco legal da inteligência artificial e projetos que abordem o tema nos setores de saúde, educação e segurança. As informações são do site Agência Câmara de Notícias.

Segundo Bismarck, o grupo tem o objetivo de buscar sempre um ordenamento jurídico atualizado sobre o tema. “Que a máquina sirva ao ser humano. A tecnologia da inteligência artificial tem um crescimento exponencial. O objetivo da frente é que o Congresso se una e proponha uma legislação que ajude no desenvolvimento do País”, afirmou.

Fonte: https://www.camara.leg.br