FBI pode obter seus dados do WhatsApp em tempo real

FBI pode obter seus dados do WhatsApp em tempo real

FBI consegue obter metadados de conversas do WhatsApp quase em tempo real: apresentado com um mandado de busca e apreensão, a plataforma de mensagens libera todos os dados de contatos de um usuário-alvo em apenas 15 minutos. O WhatsApp confirma a velocidade nas respostas, mas reforça que o conteúdo de mensagens não pode ser lido, já que as conversas são criptografadas de ponta a ponta. As informações são da revista Rolling Stone.

Fonte: https://www.rollingstone.com

Pix pode ser suspenso São Paulo

Pix pode ser suspenso São Paulo

Assembleia Legislativa de São Paulo aprova tramitação rápida para Projeto de Lei que suspende Pix no estado: caso seja aprovado, o PL proibirá instituições financeiras de processarem operações Pix até que o Banco Central desenvolva mecanismos de seguranças que assegurem a segurança de correntistas. As informações são do site Mobile Time.

Fonte: https://www.mobiletime.com.br

Seu celular com a câmera sempre ligada. Os smartphones Android do próximo ano estarão de olho em você

Seu celular com a câmera sempre ligada. Os smartphones Android do próximo ano estarão de olho em você

Qualcomm apresenta nova geração de chips para smartphones com recurso controverso: dentro do chip “Snapdragon Gen 1”, um processador de imagem dedicado mantém câmeras frontais ligadas e ativas o tempo todo. A Qualcomm afirma que o recurso é de segurança e pode ser utilizado para desligar automaticamente a tela do smartphone quando detectar alguém tentando espionar mensagens, por exemplo. As informações são do site The Verge.

Fonte: https://www.theverge.com

Biometria, smartphones e câmeras de vigilância representam novos obstáculos para espiões dos EUA

Tecnologia tem atrapalhado trabalho de espiões

Biometria, smartphones e câmeras de vigilância representam novos obstáculos para espiões dos EUA: a CIA e outras agências de espionagem estão com dificuldades para manter seus agentes disfarçados. Segundo um ex-oficial de contra-espionagem dos EUA, a situação é “muito ruim” com o avanço e onipresença de sistemas biométricos, smartphones, rastreamento online e câmeras de vigilância. As informações são do jornal The Wall Street Journal.

Fonte: https://www.wsj.com

Interpol prende mais de 1.000 suspeitos ligados a crimes cibernético

Interpol prende mais de 1.000 suspeitos ligados a crimes cibernético

Interpol faz megaoperação e prende 1.003 pessoas ligadas ao cibercrime: autoridades de 20 países bloquearam ainda 27 milhões de dólares ligados a fraudes de investimento, lavagem de dinheiro e jogos de azar online. Uma tendência crescente notada pelos investigadores foi o uso da série “Round 6” da Netflix como tema em campanhas de distribuição de malware. As informações são do site Bleeping Computer.

Fonte: https://www.bleepingcomputer.com